Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o mercado do e-commerce brasileiro deve atingir um volume de vendas de R$ 79,9 bilhões em 2019. Isso significa um crescimento de 16% comparado aos resultados de 2018. Segundo a ABComm, serão cerca de 265 milhões de pedidos efetuados pelos consumidores até o fim do ano e 87 mil lojas virtuais em pleno funcionamento. Vale lembrar que é esperado que, 33% de todas essas vendas, venham através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

Ou seja, esse é um excelente momento para começar a pensar em abrir o seu primeiro e-commerce ou então expandir algum já existente.

Por isso, separamos alguns passos importantes para que a abertura e funcionamento da sua loja virtual vingue e renda muito sucesso para a sua empresa.

Passo 1: Crie um plano de negócio

Estude o nicho de mercado no qual pretende entrar, cheque a concorrência, faça a análise SWOT, estruture o negócio e planeje investimentos futuros.

Passo 2: Escolha uma plataforma

A plataforma será o ponto chave para mostrar a sua loja pro mundo. Tudo o que você construir estará apoiado nela, por isso, escolha uma plataforma flexível e personalizável para que você possa ter a liberdade de realizar mudanças e aprimoramentos no futuro.

Passo 3: Sistemas de operação

O back-office será o sistema que ajudará o seu e-commerce em operações diárias. Desde o faturamento até a contabilidade, portanto, escolha um sistema que facilitará a gestão da sua operação e que seja integrado com a plataforma.

Passo 4: Logística

A operação da sua loja virtual deve ser desenhada o quanto antes para que você decida se vale a pena ou não ter um centro de distribuição próprio ou se terceirizará essa área. Lembre-se: uma boa experiência de entrega é um fator de extrema importância para o sucesso do seu negócio.

Passo 5: Pagamentos

Aqui é importante estabelecer como será o meio de pagamento que o seu site trabalhará. Você pode escolher entre 3 tipos: intermediadores de pagamentos; gateways de pagamento e integração direta com a adquirente.

Passo 6: Segurança e controle de fraude

Hoje, a segurança da informação é uma pauta muito discutida, por isso, é importante que você ofereça a mais completa para proteger os dados dos seus clientes.

Passo 7: Legislação e tributos

Você precisará aprender mais sobre o Código de Defesa do Consumidor, atender à legislação do ICMS e algumas outras exigências legais.

Passo 8: Pós-venda

Não se esqueça de garantir um pós-venda ágil ou até mesmo de autosserviço para dar suporte ao seu consumidor. Garanta uma experiência completa, disponibilizando também uma central de atendimento especializada para casos mais críticos.

 

A Pluris Mídia gerencia com eficiência todo o processo de compras on-line no e-commerce e marketplaces, acompanhando as etapas de vendas, entregas, devoluções e troca de produtos. Converse com a nossa equipe e saiba mais: https://plurismidia.com.br/e-commerce/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *