Por Que Aderir ao Atendimento Home Based?

O modelo de trabalho Home Office não é mais uma tendência, mas uma realidade, até mesmo para aqueles negócios que antes pareciam distante de se adaptar ao modelo como Contact Centers. É cada vez mais comum vermos empresas colocando Home Office como um diferencial para atrair talentos que desejam ter mobilidade para trabalharem de onde desejarem e a capacidade de ter colegas de trabalho em todo mundo.

Mas será que essa autonomia e distância prejudicam a produtividade do colaborador?

Uma pesquisa realizada pela Buffer, and AngelList com aproximadamente 4500 colaboradores ao redor do mundo que realizam Home Office, nos mostra que 98% gostaria de manter o trabalho Home Office por pelo menos parte do seu dia pelo resto de suas carreiras. Além da flexibilidade de horário e locomoção, o trabalho remoto promove outros benefícios do modelo para Contact Centers como:

Grandes resultados envolvem grandes desafios. Prepare-se para alguns obstáculos que encontrará pelo caminho.

Conheça alguns desafios encontrados por Contact Centers para manter a eficiência e qualidade no modelo Home Based:

1Dificuldades Técnicas – Colaboradores sem suporte ou sem acesso a ferramentas de trabalho remotamente

Realize uma pesquisa inicial para verificar se todos possuem os equipamentos e acessos necessários para o dia a dia de trabalho. Faça verificações de qualidade da internet e abra canais diretos entre a equipe de TI e seus colaboradores.

2Distrações de casa – Familiares e tarefas de casa distraindo das atividades de trabalho

Apesar de ser uma das principais dificuldades do trabalho remoto, uma pesquisa realizada pela FlexJobs aponta que 75% das pessoas que trabalham em casa optam pelo trabalho remoto justamente por terem menos distrações em casa do que no ambiente físico de trabalho. Ao realizar menos pausas e menor  frequência de interações com outros colegas de trabalho, a atenção se mantém no trabalho.

3Baixa aderência – Falta de comprometimento com o novo modelo

O novo modelo exige adaptação aos novos hábitos. Os colaboradores precisam produzir como se estivessem fisicamente na empresa e para isso, ferramentas de acompanhamento ajudam a sustentar a rotina mesmo a distância. A supervisão e gestão devem utilizar softwares para verificar em tempo real as metas, controle de pausas e login e logoff. 

4Distanciamento organizacional – Falta proximidade com a cultura organizacional

Inspirar uma cultura organizacional a distância exige uma intensificação da comunicação. Incentivar a interação em diferentes plataformas, acompanhar a chegada de novos funcionários e utilizar as redes sociais para enfatizar o posicionamento e atividades sociais são estratégias para aproximar a cultura organizacional. Para saber mais sobre Cultura organizacional e senso de pertencimento leia aqui.

5Comunicação – Desalinhamento de informação

A comunicação seja no espaço físico ou ambiente remoto deve se manter alinhada para que independente do local de trabalho ambos tenham conhecimento das mesmas informações, seguindo as restrições e adaptações de cada formato. A centralização em uma área auxilia a padronização, seguindo a identidade organizacional e a distribuição da informação.

6– Treinamentos – Maior demanda por capacitação

O desenvolvimento deve se intensificar para manter o colaborador capacitado. Ferramentas de treinamento online e videochamadas são alternativas para treinar equipes e realizar avaliações para validar o conhecimento.

3 Comentários

  1. Creuza França Salgado disse:

    Atendimento sempre é um desafio,e como gosto de desafios,procuro buscar diariamente trabalho nesta área a mais ou menos uns vinte anos,sendo assim desejo agregar meus conhecimentos trabalhando com vcs.

  2. Helena disse:

    Preciso trabalhar peço oportunidade como telemarketing

  3. tailine aparecida dos santos correa disse:

    sempre trabalhei nessa área, então novas funções e bom para agregar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *